Home / Estado (página 4)

Estado

Meta é recadastrar biometricamente mais de 32 mil eleitores em Barreirinhas

Trinta e dois mil. Este é o número estabelecido como meta pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão de eleitores que devem ser recadastrados biometricamente em Barreirinhas até o dia 1º de dezembro de 2017.

A informação foi confirmada em audiência pública realizada nesta quarta, 14 de junho, na cidade, em que participaram os desembargadores Raimundo Barros (presidente) e Ricardo Duailibe (corregedor), o diretor-geral Flávio Costa, além do prefeito Albérico Filho, vereadores, líderes comunitários, imprensa e comunidade.

Em sua fala, o presidente alertou que a implantação do sistema biométrico de votação evita fraudes, visto que um eleitor não pode se passar por outro. “Já foram detectadas fraudes em que um mesmo eleitor tinha tirado 51 títulos. Este caso ocorreu em Góias. Com a biometria, isto é impossível porque ele seria imediatamente identificado pelo sistema como já possuidor de um cadastro”, explicou.

Por sua vez, o corregedor informou o período de recadastramento dos eleitores de Barreirinhas (28 de junho a 1º de dezembro), pedindo que os partidos políticos e as lideranças colaborem com a Justiça Eleitoral, levando os eleitores para realizarem o recadastramento, que ocorrerá de segunda a sexta, das 8h às 18h, no posto de atendimento que funcionará no complexo esportivo do bairro Riacho.

Sobre a instalação de postos de atendimento em povoados mais distantes da sede do município, o diretor-geral Flávio Costa esclareceu que para que seja deferido qualquer pedido, o requisito mínimo é de que haja sinal de internet suficiente para o sistema do Regional funcionar de forma satisfatória, entre outros que só visita técnica é capaz de atestar.

A opção dada pelo Tribunal é de que os eleitores dos povoados agendem atendimento diretamente no cartório eleitoral de Barreirinhas.

Lago da Pedra: Justiça eleitoral da 74ª zona cassa mandato de prefeito e vice de Lago do Junco

Na tarde desta quarta, 14 de junho, o juiz Marcelo Santana Farias, titular da 74ª zona eleitoral (Lago da Pedra-MA), ao analisar a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) proposta por Leonel Gustavo Campos Arruda em desfavor de Osmar Fonseca dos Santos (prefeito de Lago do Junco), Enoc Rodrigues Lopes (vice-prefeito) e Fábio Arruda Farias (vereador), julgou parcialmente procedente o pedido inicial em relação ao primeiro e improcedente em relação aos outros dois. Os três foram acusados de captarem ilicitamente votos durante os meses de agosto, setembro e outubro do ano de 2016.

O magistrado concluiu constar provas robustas e inequívocas que comprovaram a gravidade da conduta do réu Osmar Fonseca dos Santos. Assim, entendeu restarem configurados a captação ilícita de sufrágio e de atos de violência ou grave ameaça a pessoa, com a finalidade de obtenção de votos, aplicando a ele consequentemente a multa de 40 mil UFIR’s, assim como reconheceu atos de abuso de poder econômico.

Diante disso, o juiz Marcelo Farias aplicou a sanção de inelegibilidade a Osmar Fonseca dos Santos pelo prazo de 8 anos, a contar da eleição de 2016, decretando a cassação dos mandatos do prefeito e vice-prefeito de Lago do Junco-MA, declarando, inclusive, a nulidade dos respectivos votos e convocando novas eleições para o município, as quais devem ocorrer, em regra, após análise do presente feito pela Corte do TRE-MA.

Coordenador Municipal de Juventude Jeisson Fernando participa da aula inaugural do Curso FIC de Inglês de São João do Sóter

A SECTI por meio do Programa Mais IDH em parceria com a Prefeitura Municipal de São João do Soter por meio da Coordenação Municipal de Juventude realizou nesta terça-feira na escola Inácio Rocha a aula Inaugural do Curso FIC de Inglês. O evento foi um Sucesso e contou com a presença de autoridades municipais e Estaduais, dentre elas, o chefe de gabinete Onete (Representando a Prefeita Josa), a Secretária de Educação Joelma, o Coordenador Municipal de Juventude Jeisson Fernando, o secretário adjunto da SECTI André, o vereador Carlão, o secretário de agricultura Janilson e dentre outras autoridades. O coordenador de Juventude ressaltou a importância do Curso para os jovens alunos da cidade, os incentivou a aproveitar a oportunidade e desejou um ótimo curso a todos os alunos.
#CoordenacaoDeJuventudeAtuante
#MaisTrabalhoNovasConquistas
#JuventudeEmFoco

Bancada maranhense no Congresso se reúne com ministro Gilmar Mendes

A bancada maranhense no Congresso Nacional, coordenada pelo deputado federal Rubens Junior (PCdoB/MA) se reuniu, nesta terça-feira (13), com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes. Na pauta, três resoluções do TSE que extinguem zonas eleitorais em todo o país. “Há um movimento suprapartidário, de várias instituições, em um só sentido, que é garantir o número de zonas eleitorais no estado, fortalecer a Justiça Eleitoral e defender a democracia do Brasil”, destacou Rubens Junior.

O presidente do TSE destacou o trabalho do Tribunal para modernizar o processo eleitoral e realizar ajustes nas funcionalidades, mas garantiu analisar todos os pleitos apresentados pela comitiva do Maranhão. “É fundamental que cada estado, com suas peculiaridades, tragam informações para que possamos avaliar com toda responsabilidade”, afirmou Gilmar Mendes.

No encontro, Rubens Junior destacou as duas grandes vantagens de ter zonas eleitorais próximas. A primeira é garantir maior fiscalização, com mais juízes e promotores eleitorais, resultando em mais rigidez no processo. A segunda refere-se diretamente ao eleitor. “Precisamos garantir comodidade. O cidadão não quer ter que cumprir com seus afazeres, como tirar um título, renovar, fazer uma consulta, a 100 ou 200 kms de distância da sua residência”, destacou o parlamentar.

Segundo o deputado, com a proposta, São Luís deixa de ter nove zonas eleitorais e passar a ter apenas seis. “Várias cidades do Maranhão deixam de ter sua zona eleitoral. Não é o nosso desejo e não é isso que defendemos. Desejamos que o ministro leve em consideração o tamanho do estado e suas necessidades específicas”, afirmou.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), destacou que esta é uma situação preocupante no Maranhão e em todo o Brasil, e por isso precisa ser discutida. “Assim está fazendo o presidente do TSE e é importante que os deputados federais e estaduais possam vir e encontrar a melhor forma de implantação das mudanças propostas pelo Tribunal”, complementou Maia.

O presidente em exercício na Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), avaliou o encontro como positiva, principalmente pela mobilização política. Também participaram da reunião o Procurador Geral de Justiça do Ministério Público do Maranhão, Luiz Gonzaga Martins Coelho; o presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (AMPEM), Tarcísio Bonfim; e o presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), Angelo Santos; além dos deputados federais Juscelino Filho (DEM), Weverton Rocha (PDT), e Waldir Maranhão (PP).

Segundo o Tribunal Regional do Maranhão (TRE-MA), das 111 zonas eleitorais que o Maranhão possuía, o estado já perdeu três em São Luís e ainda corre o risco de perder mais de 20. A princípio, o corte aconteceu em dezesseis capitais brasileiras e agora, o processo será levado para os demais municípios.

Para o interior do estado, o critério adotado pela resolução 23.520/17 é que o município que tiver mais de uma zona eleitoral só poderá mantê-la caso o quantitativo de eleitores de cada seja maior que 70 mil por zona. A norma também prevê que os eleitores das zonas eleitorais extintas devem ser redistribuídos para aquelas cuja localização privilegie o acesso dos eleitores, preferencialmente sem alterações em seus locais de votação.

Caxias vai receber a III edição do seminário Revitalização dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes

No próximo dia 07 de julho, os moradores de Caxias e região irão debater estratégias para a recuperação da Bacia Hidrográfica do Itapecuru, durante o seminário “Revitalização dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes”. O encontro ocorrerá das oito ao meio dia, no auditório do Centro de Treinamento João Paulo II, no Morro do Alecrim.

O seminário, que está em sua terceira edição, é organizado pelo Instituto Cidade Solidária e o senador Roberto Rocha (PSB), com co-realização do Movimento Ensinando e Aprendendo- MEA. Ele já é considerado um dos mais importantes eventos sobre meio ambiente do estado, sobretudo, por despertar o interesse da sociedade para os problemas dos rios e suas nascentes que, em sua maioria, estão sofrendo com assoreamento, seca, poluição, entre outras dificuldades.

Em Caxias, a cerimônia de abertura contará com a presença do senador Roberto Rocha e a participação de especialistas na área de meio-ambiente e sustentabilidade, além de outras autoridades do estado. Na oportunidade, a chefe da Unidade Regional de Meio Ambiente da CODEVASF- MA, Éricka Cunha, irá apresentar o planejamento da Companhia para a Bacia Hidrográfica do Itapecuru. A programação terá mesa redonda com o tema “Bacia do Itapecuru – Sua Importância e Propostas para Sua Revitalização”. Os ministradores serão Arthur Almada Lima, presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Caxias e Carlos Benedito Maciel, coordenador do Comitê da Bacia do Itapecuru.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelos contatos: inscricoes@cidadesolidaria.org e (98) 99221-1261. A entrada será mediante 01 quilo de alimento não perecível, que será doado para instituições de caridade. Em Caxias, as inscrições podem ser feitas no Centro de Cultura, localizado na Praça do Pantheon. Aos que comparecerem ao seminário, será emitido certificado de participação.

SAIBA MAIS

O seminário Revitalização dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes se destaca por suas ações efetivas em prol da recuperação das bacias hidrográficas maranhenses. As duas primeiras edições do evento, que foram realizadas nos meses de março e maio deste ano, nas cidades de São Luís e Pedreiras, respectivamente, conseguiram atrair um número recorde de público. Além de dar oportunidade de as pessoas expressarem suas ideias, foram também anunciados projetos para a recuperação dos rios. Entre eles, o Programa “SOS Águas do Maranhão” e o “Projeto dos Planos de Nascentes do Rio Mearim e Itapecuru”, que abastece a Ilha de São Luís. Houve ainda a assinatura de dois convênios entre a Universidade estadual do Maranhão (UEMA) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba- CODEVASF. O primeiro é para a “Aquisição de Equipamentos e Construção de Estação de Monitoramento de Água na Bacia Hidrográfica do Rio Itapecuru” e o outro para a “Elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica também do Rio Itapecuru”.

Agerp participa da 18ª Exposertão em São João dos Patos

O Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), esteve presente na 18ª Exposertão,  realizada no município de São João dos Patos, encerrada no último domingo (11). 

A Feira, considerada o maior evento de agropecuária do Médio Sertão Maranhense, ofereceu durante quatro dias de evento, oportunidades para o desenvolvimento do setor no Maranhão e de integração da sociedade.

Comercialização e exposição de bovinos, caprinos e equinos, torneio leiteiro, stands de negócios, cavalgada e exposições de implementos agrícolas, foram alguns dos destaques durante a Exposertão. Além disso, a Feira é um espaço para oferecer a chance de instituições apresentarem seus trabalhos, e disseminar conhecimento.

O Escritório Regional da Agerp de São João dos Patos levou para a Exposertão serviços aos pequenos produtores, como a emissão de Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), elaboração de Cadastro Ambiental Rural (CAR), palestras sobre manejo de caprinos e ovinos. Em parceria com o Banco do Brasil e Banco do Nordeste, a Agerp promoveu palestra sobre crédito rural na agricultura familiar e ainda, com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município e a Secretaria Estadual de Educação, foi ministrada uma palestra sobre comercialização na agricultura familiar.

No decorrer do evento, foram realizadas palestras sobre manejo suíno e sobre o Programa Água Doce.   Na oportunidade, a equipe da Agerp participou de uma reunião da comissão de relatos de produção agrícola, juntamente com a AGED, IBGE, STTR e instituições financeiras. 

O gestor da Regional da Agerp de São João dos Patos, Edinaldo Quirino, ressaltou a importância do evento. “A Exposertão foi um sucesso. A feira envolve todo o Sertão Maranhense e do qual toda a Agerp e o Sistema SAF teve um papel importante, desde fazendo atendimentos aos agricultores até disseminando conhecimento através das palestras e reuniões,” disse.

Para o presidente da Agerp, Júlio César Mendonça, “a Feira é uma oportunidade de movimentar a economia local e negociação, além de envolver pequenos e médios produtores da região”.

A 18ª Exposertão é uma realização da Prefeitura de São João dos Patos, com apoio do Governo do Estado, promovida de 8 a 11 de junho, no parque Antônio Reinaldo Porto, no município de São João dos Patos. A Feira contou com leilões, exposições de implementos agrícolas e de veículos, venda de máquinas agrícolas, cursos e palestras, atrações culturais, shows musicais, e tradicional torneio leiteiro e a eleição da Miss Exposertão 2017.

Morros vai receber ‘’Projeto Voluntários da Paz e o Instituto Inaldo Abreu’’. Levando Jesus através da ação social

O Instituto Inaldo Abreu e o Projeto Voluntários da Paz  tem a honra de convidar a população de Morros para participar de mais uma grande ação social que acontecera dia 17 sábado a partis das 8 das manhã com diversos serviços.Os voluntários tem demonstrado o amor de Cristo, através de profissionais em diversas áreas. Em algumas cidades do estado, levamos o “IDE” através de ações sociais, com vários serviço entre eles estão:

Clinico Geral

Odontológico

Oftalmologista

Pediatra

Exames de Prevenção

Fisioterapeutas

Nutricionista

Palestra com Bombeiros

Limpeza de Pele com Produtos Jafra

Cortes de Cabelos

Exame de Glicemia

Farmácia Basica

Dermatologista

Psicólogo

Fonoaudiologo

Emissão de Documento de Identidade e outros serviços,desta forma, as pessoas recebem cuidado gratuitamente enquanto são evangelizadas.

Serviço:

LOCAL: Praça São Bernardo  Centro

DIA 17 de Junho de 2017 (Sabado)

das 8:00 às 17:00hs.

Esperamos toda a comunidade Morrense e região.

Saúde pede socorro no Maranhão Instituto reduz salários de enfermeiros

O Governo comunista mostra suas garras e dessa vez o servidor a ser atingidos são os enfermeiros.

Assumiu o comando do gerenciamento dos hospitais de Peritoró, Caxias, Coroatá, Timon, Timbira, e das Upas de Codó, Coroatá, a empresa Emserh.

Ocorre que a Emserh, que representa a SES, não liquidou as dívidas trabalhistas e nem assinou as carteiras dos contratados. Apesar disso, a Emserh pagava R$ 3.400,00 para os enfermeiros nível superior.

Com a entrada da Bio Saúde, em abril o salário caiu para R$ 2.900,00 e agora em maio ficou em R$ 2.400,00 e alguns até em R$ 2.200,00.

O Sindicato dos Enfermeiros tentou conversar com os dirigentes da Bio Vida, mas não foram recebidos. A categoria pretende entrar na Justiça contra a perversa redução de salários.

Wellington critica Lula por dizer que não sabia de desvios do IDAC

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) criticou o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, por haver declarado que não sabia e nem tinha como saber que o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (IDAC) estava afanando o dinheiro repassado pela pasta para a administração de pelo menos seis unidades de saúde da rede pública estadual. O progressista é autor da proposta de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar os desvios dos recursos da SES.

“Em 2015 e 2016, os contratos [com o IDAC] foram renovados pelo atual governo; foram triplicados. Só que, após essa última investigação da Polícia Federal, ninguém sabe nada. É o velho ato de dizer que não sabe de nada, estão dizendo que não sabem de nada”, criticou.

Segundo a Polícia Federal, mais de R$ 18 milhões teriam sido embolsados criminosamente pelo instituto, entre novembro de 2015 até a data da deflagração da Operação Rêmora, em São Luís, há pouco mais de uma semana. O dinheiro desviado era sacado diretamente na boca do caixa, após o IDAC apresentar à SES notas fiscais de empresas de fachada para atestar supostas prestações de serviços nessas unidades hospitalares.

Diante da descoberta de todo o esquema, no último domingo 12, Lula deu em entrevista ao quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”, do Fantástico, Rede Globo, e repetiu a defesa apresentada pelo Palácio dos Leões sobre o caso, de que a forma de desvios da saúde era tão avançada, que a SES não teria como descobrir o esquema.

“A gente não tinha como detectar nenhuma irregularidade, mesmo com nosso sistema de prestação de contas porque a fraude era sofisticada”, alegou.

Apesar da confissão de incompetência, o secretário vem recebendo a proteção do governador Flávio Dino (PCdoB), que é seu amigo e cliente num escritório de advocacia, e permanece no cargo, quando o correto seria afastá-lo e abrir uma investigação interna para apurar suas declarações sobre a falta de conhecimento sobre o esquema.

Fonte: Atual7