Home / Gospel (página 3)

Gospel

Filme cristão O Resgate ultrapassa 1,5 milhão de espectadores em uma semana

O filme O Resgate, lançado pela Seven Filmes e distribuído para toda a América do Sul, alcançou em uma semana, mais de 1 milhão de espectadores nos principais canais onde foi divulgado. Apenas no YouTube são 700 mil visualizações em português (O Resgate) e em espanhol  (El Rescate).

Além da publicação na internet, 70 mil DVDs foram distribuídos para famílias que se comprometeram a convidar amigos para assistirem o filme em casa. Em média cada DVD foi assistido por pelo menos cinco pessoas, somando aí 350 mil pessoas.

No final de semana, a TV Novo Tempo (exibida em várias cidades brasileiras em canal aberto, também via Sky, NET, OI e Claro) e a TV Nuevo Tiempo (transmitida em países de língua espanhola na América do Sul) também exibiram o filme em quatro horários, alcançando milhares de pessoas. No Chile, a TV Contivision também exibiu o filme para toda a Región Del Maule, onde atinge 200 mil pessoas.

Em várias cidades o filme foi exibido em ruas, praças públicas, auditórios e até na praia, como em Vila Velha/ES, onde cerca de 200 pessoas acompanharam o lançamento. No sul de Minas Gerais, 80 pessoas da zona rural assistiram na praça do vilarejo de Santa Cruz, e em Cochabamba, na Bolívia, mais de 400 pessoas acompanharam o lançamento.

Devido ao sucesso, o filme será traduzido para outros sete idiomas, e lançado em todo o mundo ainda neste ano. A obra foi utilizada oficialmente pela Igreja Adventista do Sétimo Dia como estratégia de programa de Páscoa, momento utilizado para lembrar o sacrifício de Jesus Cristo.

O enredo

O Resgate ou El Rescate é uma história de amor e sacrifício, vivido pelos atores Leonardo Goulart (Miguel), Daniela Paschoal (Joana) e Maurício Pitanga (Adam). A direção é de Alexandre Perim, com roteiro de Luciana Costa. A trilha sonora foi gravada em Praga, e a música do filme, Era para ser eu, é apresentada pela cantora Laura Morena, cujo clipe já ultrapassa 300 mil visualizações em uma semana. O filme foi gravado em julho de 2016 em Chillan, no Chile.

 

Links do filme

Português – https://youtu.be/gXeVlGnBLp8

Espanhol – https://youtu.be/-yX9p_BDC3I

Mais informações

Francis Matos – assessoria de imprensa

(27) 99621-1522

Igreja Cristã Evangélica de Codó completa 50 anos em grande Estilo

A segunda noite foi aberta com a oração ministrada pelo Pastor Museus presidente do Conselho de Pastores .

A Igreja cristã chegou. Codó no ano de 1962 e em 1967 foi organizado a igreja ,hoje conta com três igrejas e mais uma sub congresso no sabiazal.

Depois aconteceu apresentações do Grupo de Coreografia e também de teatro.A Banda Vineyard se apresentou e louvor ao nosso Deus com belos hinos, em um momento a filha do Pastor Natan Sara teve o privilegio de louvar um hino com a banda e fez bonito.

Depois de belos louvores o Pastor Luciano Manga pregou a palavra de Deus que foi lida no livro dos Hebreus Capitulo 10 e  versículo  24, onde o pastor relatou que não devemos seguir igreja e sim ser semelhante a Jesus Cristo,e que devemos encorajar outras pessoas.

É uma grande alegria fazer essa festa dos 50 anos da igreja, nesta cidade. Representa para nós um momento muito importante, porque a igreja faz história abençoando a sociedade, a cidade e tem sido um marco para todo povo codoense disse o Pastor e Cantor Luciano Manga.

“Ler a Bíblia me trouxe de volta a Cristo”, diz Chuck Norris

Chuck Norris ainda é uma das figuras mais reconhecidas na indústria do cinema, mas muitos não sabem que ele também é seguidor de Jesus Cristo e fala abertamente sobre sua experiência como cristão.

“Eu entreguei a minha vida ao Senhor aos 12 anos. Fui batizado também aos 12. E isso foi crescendo dentro de mim. E quando eu tive oportunidades de ir para as cruzadas do pastor Billy Graham, infelizmente eu tinha algum trabalho no cinema. Às vezes eu perdia a noção e por isso eu acabei perdendo um casamento”, disse ele ao site CBN News.

Norris se afastou de Jesus, mas encontrou o caminho de volta para Cristo através da Bíblia. “Eu estava sempre com raiva, eu tinha um buraco enorme no meu coração, nada me fazia feliz. Depois acabei me casando com uma mulher temente a Deus, e em casa ela lia a Bíblia todas as manhãs. Depois de um tempo ela disse: ‘Você quer que eu leia em voz alta para você?’”, contou o ator.

“Então eu sentei e ela começou a ler a Bíblia em voz alta para mim, todas as manhãs. Finalmente, eu disse: ‘Bem, deixe-me ler’, e assim comecei a ler a Bíblia em voz alta. E então foi como se Deus me dissesse: ‘Chuck, é hora de voltar para casa. Já passou tempo suficiente’. Agora meu coração está cheio de novo”, declarou.

Deus nas Artes Marciais

Chuck também revens que seu programa nacional de artes marciais é baseado em princípios cristãos. “A filosofia das artes marciais é basicamente baseada nos princípios da Bíblia. Mesmo que não falemos sobre Jesus, podemos falar sobre o que Jesus fala na Bíblia: amar o seu próximo e ser uma boa pessoa. Mesmo quando não podemos citar as Escrituras, podemos parafrasear o que Jesus diz na Bíblia ou o que o apóstolo Paulo diz. De forma indireta, é o que fazemos”, comentou.

Ele diz que deve todo o seu sucesso à graça de Deus. “‘Chuck, você é o cara mais sortudo do mundo. É campeão mundial de karatê e uma estrela de filmes no cinema e na TV’. Quando me dizem isso, eu sorrio porque a sorte não tem nada a ver com isso. Deus tem tudo a ver com isso”, pontuou.

E sobre os memes da internet que dizem que Norris é poderoso o suficiente para curar o câncer? A resposta de Chuck é bem peculiar. “Havia um homem cujas lágrimas podiam curar o câncer ou qualquer outra doença, incluindo a verdadeira causa de todas as doenças: o pecado. Seu sangue nos curou. Seu nome era Jesus, não Chuck Norris. Se sua alma precisa de cura, a prescrição que você precisa não é ‘As lágrimas de Chuck Norris’, é o sangue de Jesus”, finalizou.

Gisele Nascimento leva multidão nas comemorações dos 97 anos da cidade de Timbiras

Ontem (04), a cidade de Timbiras  foi palco de um grande evento gospel em comemoração aos  97 anos de emancipação política.

Os  evangélicos também foram lembrados com o show da cantora Gisele Nascimento, que esteve louvando e fazendo de Timbiras uma cidade bem melhor por meio do evangelho que foi pregado. No palco armado ao lado do banco do Brasil teve apresentações de Grupos Evangélicos ,Católicos e contou com a presença dos Padres da Igreja católica e Pastores de diversas denominações entre eles estava o Pastor Jucilan da igreja Batista Shalom.

Gisele Nascimento como sempre uma pessoa muito carismática e atenciosa, brincou com o publico presente mais também pregou a palavra de Deus onde teve pessoas que se reconciliaram.

 

Fotos: Vicente Maranhão

Pastor Carlos que foi o produtor do evento

Video:O Programa do Fantástico mostrou como Jesus Transformou a Bruxa da Cracolândia” em uma nova pessoas

Muitas vezes não percebemos o tempo em que estamos vivendo. O ser humano é limitado ao espaço e ao tempo. Por isso muitas vezes pensamos: ‘ah, se eu soubesse’ ou ‘ah, se eu pudesse voltar atrás’. Mas a oportunidade que passou não voltará e o que vivemos hoje precisa ser aproveitado (Efésios 5.16).

Deus é o Senhor do tempo. O Eterno é atemporal porque não está sujeito ao tempo humano (II Pedro 3.8). O único que está acima das épocas, gerações e milênios, também é o único que pode mudar a história. A vinda de Jesus ao mundo dividiu a história em antes e depois de Cristo. Isso porque Ele é o único que pode transformar a história da humanidade.

Reflita sobre o poder transformador de Jesus sobre a sua história:

A oportunidade perdida, o erro cometido, a palavra mal dita, ou qualquer outro pesar do passado assombra a vida de muitas pessoas. Jesus é o único que pode mudar a vida humana apagando o seu passado ao lhe perdoar os pecados (Isaías 43.25).

Jesus realizou isso na vida de várias pessoas:

a mulher samaritana, que tinha um passado de várias tentativas e erros com cinco homens diferentes, além de estar se frustrando mais uma vez. Depois que encontrou Jesus, seu passado foi perdoado (João 4.7-29).

a mulher adúltera, estava sendo julgada e seria apedrejada por causa do seu pecado, mas Jesus lembrou aos homens que eles eram pecadores tanto como ela e lhe deu uma nova chance de recomeçar (João 8.1-11).

a mulher encurvada, havia dezoito anos que segundo Jesus o diabo aprisionava aquela vida, sem poder erguer e olhar para frente até que se encontrou com Jesus e foi curada para uma nova vida (Lucas 13.31-35).

Quando convertemos, o tempo da ignorância é apagado de nossa história (Atos 17.31) e recebemos uma nova chance de recomeçar uma nova vida (II Coríntios 5.17). Embora tenhamos facilidade em lembrar os problemas e defeitos, Jesus é diferente porque se esquece dos nossos pecados quando arrependemos.

Detentos são evangelizados após massacre em Manaus: “Mudamos para melhor”

Carlos Alessandro, de 25 anos, foi criado por uma família evangélica. No entanto, apenas depois de ser preso por roubo ele se firmou na religião. Assim acontece com muitos outros detentos que estão nos presídios de Manaus, onde encontram mudança e refúgio na fé em Cristo.

A história de Carlos é parecida com a do ex-presidiário Luciano Jonata, de 47 anos. Ele foi preso em 2015 por roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Ironicamente, foi dentro do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) que sua vida foi transformada, depois que ele se rendeu a Jesus.

“Depois que me separei em 2009, entrei em depressão e, consequentemente, entrei no mundo das drogas. Comecei a roubar, traficar e morei embaixo da ponte por muito tempo”, disse ele ao site Em Tempo. “Na cadeia, eu comecei a frequentar os cultos e minha vida está mudando aos poucos. Meu sonho é evangelizar para os amigos da cadeia e as pessoas que continuam no mundo do crime.”

A fé cristã também mudou a vida de Fábio Silva (nome fictício), um detento do regime semiaberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). “Por meio da palavra do Senhor, mudei para melhor. Hoje tenho um comportamento excelente e muito em breve conseguirei progredir de regime. Eu tenho fé e vou conseguir. Meus filhos não me verão mais com um pai bandido, e sim como um homem de Deus”, disse o detento.

Fábio foi evangelizado por um pastor que estava pregando dentro do sistema penitenciário e resolveu visitar um culto pela primeira vez, em 2016. “Depois desse dia, minha vida mudou completamente e para sempre. Hoje não preciso mais me envolver em crimes, pois sei que o Senhor sempre está ao meu lado. Meu maior sonho é trazer a esperança que eu conheci para outros detentos”, frisou.

Cultos limitados

Atualmente, os cultos dentro dos presídios manauaras acontecem durante o banho de sol dos internos, segundo Klinger Paiva, major da Polícia Militar (PM) e secretário executivo adjunto da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

Paiva acrescenta que os líderes religiosos estão proibidos de adentrar nas dependências das penitenciárias desde a rebelião que aconteceu em janeiro deste ano, que resultou em mais de 60 mortes e na fuga de 184 criminosos.

Para a coordenadora da pastoral carcerária no Amazonas, Marlúcia Costa Souza, o objetivo da atuação nos presídios é evangelizar os detentos. Até o fim do ano passado, uma equipe visitava os presídios para escutar os internos pelo menos uma vez por semana.

“Escutamos eles, nós queremos saber o que eles estão pensando. Se tem algo anormal, nós tentamos resolver o problema. Tentamos aproximar a família do interno, pois a base de tudo são os familiares. Eles ajudam muito na recuperação do apenado. O objetivo é levar a esperança”, disse Costa.

Fonte: guia-me

Pastor encontra diamante de US$60 milhões e doa para combater a pobreza, em Serra Leoa

Um pastor da Serra Leoa, que complementa sua renda trabalhando nas minas do país, encontrou em suas escavações recentes, um dos maiores e mais valiosos diamantes já vistos em todo o mundo. Aquela poderia ser a sua chance de se tornar um homem extremamente rico, mas preferiu olhar para a necessidade de seu povo e doou a pedra preciosa.

O Pastor Emmanuel Momoh encontrou a pedra de 706 quilates na região de Kono. Especialistas disseram que a pedra pode valer até 62 milhões de dólares, dependendo da qualidade. Foi a maior descoberta de diamantes desde 1972, de acordo com a agência de notícias ‘Africa Today’.

Analistas do setor disseram que a pedra é o 13º maior diamante bruto que já foi extraído em todo o mundo.

O pastor Momoh apresentou o diamante ao presidente da Serra Leoa, Ernest Bai Koroma, doando a pedra ao governo, com instruções de que a doação deve ser usada para o melhoramento da situação dos mais pobres no país.

“Acredito que o governo possa fazer mais”, disse Momoh à Africa Today. “Especialmente em um momento em que o país está passando por alguns desafios econômicos”.

O pastor disse também que gostaria de ver melhorias no acesso dos mais pobres à eletricidade e transporte de qualidade.

Depois que o Pastor Momoh fez a notável doação ao governo, a pedra ficou guardada um cofre no Banco Central de Serra Leoa, na capital de Freetown, de acordo com a ‘Africa Today’.

Pessoas na aldeia de Yakadu, onde o pastor encontrou o diamante, vivem em uma área devastada por uma sangrenta guerra civil e pela crise do Ebola.

Existem muitas grandes empresas que operam nos campos de diamante, em Kono, usando grande escavadeiras, dragas e bombas de água industriais. Portanto, é ainda mais surpreendente que o Pastor Momoh tenha encontra a joia usando ferramentas simples com picaretas e pás para cavar.

Alguns poderão ver este acontecimento como uma resposta às orações do povo, ou pelo menos um reflexo do amor de Deus pelos mais pobres.

“Com o virtuoso vigário, depois de entregar a pedra às autoridades, também pode ser visto como um ato de propiciação, momento em que Serra Leoa se distanciou simbolicamente da sedição de sangue provocada pelos diamantes de sua guerra civil que durou 11 anos, terminando em 2002”, Observou Adrian Blomfield ao ‘The Telegraph’.

Blomfield observou que milhares de pessoas em Serra Leoa passaram a maior parte do início dos anos 2000 cavando na lama, em regime de trabalho escravo para encontrar diamantes que financiassem uma rebelião montada por um sargento apoiado pela Libéria, Foday Sankoh.

“A Frente Revolucionária Unida de Sankoh puniu aqueles que resistiram à escravidão, mutilando essas pessoas, arrancando ouvidos e órgãos genitais ou globos oculares. Mais de 100.000 pessoas foram mortas e dezenas de milhares foram mutiladas antes da intervenção militar da Grã-Bretanha em 2000, que virou a maré da guerra a favor do governo”.

As injustiças em Kono foram retratadas no plano de fundo do filme “Blood Diamond” (“Diamante de Sangue”), um filme estrelado pelos atores Leonardo DiCaprio, Djimon Hounsou e Jennifer Connelly.

O presidente Ernest Bai Koroma deu garantias de que o diamante será leiloado de forma transparente e elogiou o pastor Momoh “por não ter contrabandeado o diamante para fora do país”. Ele também afirmou que o pastor Momoh será recompensado por sua bondade.

Desenganada por médicos, missionária se despede de igreja cantando: “Sei para onde vou”

A paz que excede a todo entendimento (Filipenses 4:7) é o que se pode notar no testemunho da cantora e missionária Bola Taylor, que foi viver no Japão há mais de vinte anos, pregando o Evangelho ao lado do marido, Ken.

Bola Taylor recebeu um diagnóstico de morte dos médicos, que afirmaram que o câncer que a acometeu não tem cura, e os tratamentos disponíveis apenas poderiam livrá-la da dor. A missionária, então, decidiu que se despediria da vida, publicamente, louvando a Deus.

“Sinto uma paz inexplicável que somente Deus pode dar, e Ele deu com abundância. Ele me tem guardado e me permitiu entrar na ‘fase de aceitação’ sem sofrimento […] Eu disse aos médicos que há uma opção para minha cura, se chama ‘milagre’. Se o Senhor decidir me curar, eu não tenho dúvida que Ele pode fazê-lo”, escreveu, em sua página no Facebook.

Explicando que sempre esteve consciente de que Deus tem o controle de tudo, a missionária frisou que não pediu, em momento algum, que fosse curada, mas que a vontade do Pai se cumprisse.

“Minha oração sempre foi: que eu viva de acordo com os planos de Deus. Oro para que seja assim até que eu morra, e com isso, mostrarei às pessoas a confiança que elas podem ter em Jesus Cristo como seu Redentor. Ele preparou um lugar para mim e agora estou me preparando para esta viagem de primeira classe, rumo a glória. Estou emocionada!”, frisou.

“Sei pra onde vou. Certifique-se que você também vá”, acrescentou, aproveitando mais um, dos últimos momentos em vida, para evangelizar.

Bola Taylor e seu marido, Ken, foram para o Japão atuar como missionários cristãos nos anos 1990, e fundaram o ministério Halleluijah Gospel Family, com foco no evangelismo. Desse trabalho surgiu uma igreja, e uma oportunidade de ações humanitárias e projetos sociais.

Legado

Em março de 2011, quando o Japão enfrentou um grande terremoto, com 8,9 graus na escala Richter, e Ken e Bola Taylor atuaram para auxiliar as vítimas em parceria com o projeto CRASH (sigla para Christian Relief, Assistance, Support e Hope, em inglês, que significa “ajuda humanitária cristã, assistência, apoio e esperança”).

Na ocasião, Bola comentou as dificuldades mais simples e urgentes do povo japonês diante da calamidade: “Havia 150 pessoas esperando na fila do supermercado para lamen simples, arroz e papel higiênico. As prateleiras estavam vazias – era muito frustrante”, disse, satisfeita por ajudar a minimizar o desconforto das pessoas.

A apresentação de despedida de Bola Taylor aconteceu em setembro de 2015, e ela faleceu em outubro. Ao longo dos meses seguintes, seu marido usou a página na rede social para lembrar da esposa, e ao longo de 2016, foram feitos cultos memorais nas comunidades em que ela havia colaborado ao longo dos anos, como forma de agradecer a Deus pela vida da missionária.

Assista, no vídeo abaixo, uma das apresentações de Bola Taylor em sua comunidade, no Japão: