Home / Arquivo do Autor: codonoticias

Arquivo do Autor: codonoticias

Prefeito Francisco Nagib apóia equipe de atletismo que irá ao Campeonato Maranhense

Esta semana o prefeito de Codó, Francisco Nagib, recebeu no Salão Nobre da Prefeitura a delegação do atletismo codoense que irá participar do Campeonato Maranhense, que servirá como seletiva para o Norte Nordeste de Atletismo e outras três competições regionais. São 22 atletas de quatro categorias, que receberão apoio de transporte e alimentação.

De acordo com o diretor de atletismo da Superintendência de Esporte, Acelino Martins, a iniciativa do prefeito será fundamental na busca de resultados expressivos para a modalidade. “São jovens talentosos que o prefeito Francisco Nagib está apoiando para representar Codó no Campeonato Maranhense, que também serve como seletiva para outros torneios. Jovens com muito potencial, como o atleta Igor, indicado ao Troféu Mirante e medalha de ouro no Campeonato Brasileiro. Alguns desses jovens irão integrar a seleção maranhense de atletismo”, explicou

Democratização do esporte codoense

O Superintendente de Esporte, Goiabeira Júnior, lembrou sobre o trabalho do governo municipal em democratizar os investimentos, abrangendo todas as modalidades esportivas. “Com o apoio do prefeito Francisco Nagib, nós estamos podendo levar uma boa equipe de atletas que representem nosso município. O prefeito está investindo de forma diversificada no esporte codoense e nos talentos locais, com apoio entre todas as modalidades. Não é apenas o futebol, mas sim todas as modalidades que serão apoiadas e valorizadas”, comentou.

O prefeito Francisco Nagib parabenizou os atletas e desejou a todos boa sorte em todos os torneios. “Investimos sim, pois acreditamos nesta causa e na prática desportiva como instrumento de desenvolvimento de nossos jovens e para o exercício da cidadania. Sabemos que investir no esporte e em seus atletas é incentivar a criação de novos valores em todas as modalidades esportivas, revelando talentos que brilharão no cenário estadual e nacional, podendo chegar até a nos representar em grandes eventos internacionais. Codó já produziu grandes atletas de projeção internacional e vamos ampliar os investimentos para a concretização de mais valores de nossa terra”.

Codó é um dos doze municípios contemplados com o programa ‘Ensinar’ para formação de professores da Educação Básica

Na última quinta-feira (27) o prefeito de Codó, Francisco Nagib, esteve presente em mais uma ação importante de fortalecimento da educação no Maranhão. Em solenidade no Palácio dos Leões, ao lado do governador Flávio Dino, o prefeito de Codó assinou o convênio para a implementação do Programa ‘Ensinar’, cujo objetivo é ampliar a qualificação dos professores da rede pública de ensino e também assegurar a preparação de novos professores.

Programa Ensinar

O objetivo é formar, nesta primeira fase, 1.260 professores para o exercício da docência na Educação Básica, nos cursos de Ciências Biológicas, Matemática, História, Geografia, Letras, Línguas Portuguesa, Inglesa e Literatura e Pedagogia. O “Ensinar” será executado, inicialmente, em 12 municípios e chegará em breve a outras cidades do Maranhão. A finalidade é única: melhorar os índices educacionais do estado.

O público alvo do programa serão professores das redes de ensino que não tenham a formação em nível superior, além dos egressos do ensino médio da comunidade em geral. Os municípios contemplados são Codó, Carutapera, Colinas, Coelho Neto, Brejo, Governador Nunes Freire, Itapecuru, Lago da Pedra, Pastos Bons, Santa Inês, Tutóia e São Mateus – em seis desses municípios, que não têm campus da Uema, foi assinado parceria para que as aulas sejam oferecidas em espaços cedidos pelo município.

Para o prefeito Francisco Nagib, o programa será mais uma proveitosa parceria para a melhoria dos índices da educação em Codó. “Mais uma vez estamos de volta a capital para adesão de um programa, em parceria com o Governo do Estado, que irá trazer mais qualificação aos professores e qualidade para o ensino de nossas crianças. Essa formação de professores pela UEMA vem a somar com nossas ações e políticas públicas para o ensino de Codó e é um importante passo para uma educação melhor em nosso município”.

O Governado do Estado ainda laçou o edital de seleção de candidatos para concorrer às vagas do programa. A previsão para início das aulas será agosto de 2017 e término no segundo semestre de 2021. A intenção é que até 2018 sejam abertas 3 mil vagas, e alcance 18 municípios.

Ascom – PMC

 

“O diabo usa a dúvida para nos impedir de desfrutar da vida com Deus”, diz Joyce Meyer

“Uma vez que a vontade de uma pessoa é renovada pela Palavra de Deus […] ela se torna muito perigosa para Satanás e seu reino de trevas”. A afirmação foi feita pela escritora cristã e palestrante Joyce Meyer em sua devocional diária, publicada recentemente em seu site oficial.

Citando a forte passagem de Salmos 91:13-14, a conferencista destacou as promessas de Deus sobre aqueles que o amam e decidem se entregar aos Seus cuidados.

“Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente. Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome’. (Salmos 91: 13-14)”, citou a escritora.

Joyce Meyer lembrou que cada ser humano foi criado por Deus, porém com livre arbítrio – o que possibilita a tomada de decisões que vão contra ou favor à vontade dEle.

“Deus criou cada um de nós com livre arbítrio. Isso nos dá a capacidade de fazer nossas próprias decisões, além da influência externa”, continuou.

Meyer também lembrou que uma das principais influências externas é o próprio diabo, que tenta impedir o avanço dos planos de Deus na vida das pessoas.

“Satanás tenta nos forçar a fazer coisas, impondo uma pressão externa sobre nós, mas Deus tenta nos guiar pelo Seu Espírito Santo”, explicou ela.

“Nós somos realmente criaturas complexas. Nossa mente pode pensar uma coisa, enquanto nossas emoções querem algo mais e nossa vontade certamente parece ter vida própria”, acrescentou.

Porém a escritora lembrou que a renovação da mente humana pela Palavra de Deus pode se tornar uma arma poderosa contra o inimigo.

“Uma vez que a vontade de uma pessoa é renovada pela Palavra de Deus e ela sabe o suficiente para escolher o bem sobre o mal, ela se torna muito perigosa para Satanás e seu reino de trevas”, destacou.

“A pessoa renovada pode anular todas as coisas negativas que Satanás planejou, exercitando sua força de vontade para concordar com Deus e Sua Palavra”, acrescentou.

Finalizando sua reflexão, Meyer alertou que a dúvida pode se tornar um artifício nas mãos do diabo para tentar impedir que o cristão desfrute de uma vida plena com Deus e expôs uma breve oração, agradecendo pela renovação da mente, promovida pelo Espírito Santo nos cristãos que O buscam.

“Descobri que a dúvida é um pensamento plantado na nossa cabeça pelo diabo. Ele usa isso para nos impedir de desfrutar da nossa vida e crescer nos bons planos de Deus para nós”, lembrou.

“Senhor, obrigado pelo poder de Sua Palavra e por renovar a minha mente. Eu escolho ficar com Sua verdade e superar a escuridão que me rodeia. Amém”, finalizou.

Fonte: guia-me

Protesto é direito? Saiba quem pode aderir à greve geral

Esta sexta-feira (28) é a data escolhida para a greve geral no Brasil. O protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência propostas pelo governo de Michel Temer é organizado pelas frentes Brasil Popular e Povo sem Medo e pelas centrais sindicais.

O presidente decidiu que irá cortar o ponto de quem não trabalhar. O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) teve a mesma posição. “Se não trabalhar, vai ter um dia a menos no seu salário”, afirmou em entrevista à Super Rádio AM.

Ele afirmou também que a greve “não é justa” e que “só quem não quer trabalhar vai fazer greve”.

Mas afinal, quem tem direito à greve?

Devido à repercussão do movimento desta semana, o Ministério Público do Trabalho (MPT) divulgou uma nota em que deixa claro o direito à paralisação.

A greve é um direito fundamental assegurado pela Constituição Federal, bem como por Tratados Internacionais de Direitos Humanos ratificados pelo Brasil, “competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender”.

O MPT chama a greve geral de “movimento justo e adequado de resistência dos trabalhadores às reformas trabalhista e da Previdência, em trâmite açodado no Congresso Nacional, diante da ausência de consulta efetiva aos representantes dos trabalhadores”.

A Lei 7.783 de 1989 considera “legítimo exercício do direito de greve a suspensão coletiva, temporária e pacífica, total ou parcial, de prestação pessoal de serviços a empregador”.

A lei veda às empresas “adotar meios para constranger o empregado ao comparecimento ao trabalho, bem como capazes de frustrar a divulgação do movimento”. Já os grevistas não poderão impedir o acesso ao trabalho nem causar ameaça ou dano à propriedade ou pessoa.

Nos caso de serviços ou atividades essenciais, os sindicatos, os empregadores e os trabalhadores ficam obrigados, de comum acordo, a garantir a prestação do atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade, aquelas que coloquem em perigo iminente a sobrevivência, a saúde ou a segurança da população.

São considerados serviços ou atividades essenciais transporte coletivo, controle de tráfego aéreo, compensação bancária, tratamento e abastecimento de água, produção e distribuição de energia elétrica, gás e combustíveis e assistência médica e hospitalar, dentre outros.

Pode cortar o ponto?

Em outubro de 2016, o Supremo Tribunal Federal (STF) validou o corte de ponto de servidores públicos que decidirem entrar em greve.

No julgamento, os ministros reafirmaram tese decidida em 2007, na qual ficou decidido que as regras de greve para servidores públicos devem ser aplicadas conforme as normas do setor privado.

Apps furam a greve

Doria fez um acordo com o Uber e a 99 para que as empresas transportem de graça servidores que não aderirem à paralisação. Em Porto Alegre, o prefeito Nelson Marchezan (PSDB) acertou com o Cabify que servidores terão um desconto de R$ 15,00 em duas corridas nesta sexta.

O Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST) se comprometeu em ajudar aeroviários a impedir o acesso aos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo. Membro da coordenação nacional do movimento, Guilherme Boulos afirmou que as vias serão interditadas.

Quem vai parar?

Professores das redes pública e particular prometeram cruzar os braços, assim como aeroviários e funcionários dos serviços de ônibus, metrô e trens. Espera-se que bancários de 22 unidades da Federação também não batam ponto.

Profissionais da indústria, como químicos e metalúrgicos, também prometem parar, incluindo os que trabalham em unidades da Petrobras em pelo menos oito estados. Servidores públicos municipais, estaduais e federais, do Judiciário e comerciários também irão aderir.

A greve vem sendo articulada há cerca de um mês para fazer oposição às reformas e à nova lei da terceirização, que liberar a modalidade de contratação para todas empresas, incluindo as atividades-fim.

“Nós vamos fazer a maior greve geral da história do Brasil. Nós estamos muito animados, ainda mais com a palhaçada feita pelos congressistas ontem. Isso colocou mais fogo na greve, ainda”, afirmou Vagner Freitas, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), em referência à reforma trabalhista.

A Força Sindical, presidida pelo deputado Paulinho da Força (SD-SP), aliado de Temer, também apoia o movimento.

Além da paralisação, estão previstas manifestações. Em São Paulo, a concentração será as 17h no Lago da Batata e seguirá para a casa do presidente Michel Temer, no Alto de Pinheiros.

Delegação cubana vem ao Brasil para solucionar impasse do Mais Médicos

Uma delegação de Cuba deve chegar ao Brasil na próxima semana para discutir com o governo brasileiro uma solução para o impasse em torno do programa Mais Médicos.

A crise começou há duas semanas, depois que o governo cubano decidiu suspender o envio de 710 médicos que já haviam concluído o treinamento para trabalhar em cidades brasileiras.

A decisão foi tomada diante do descontentamento com o número de profissionais que, concluído o prazo de três anos de permanência no Mais Médicos, obtiveram na Justiça o direito de ficar no Brasil, à revelia do governo cubano.

Há pelo menos 88 liminares concedidas na Justiça a médicos cubanos que não desejam retornar a seu país. Em entrevista Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, confirmou a agenda para a próxima semana. Ele disse que, por enquanto, não está prevista sua participação no encontro.

No ano passado, Brasil e Cuba renovaram um contrato – feito com a participação da Organização Pan-Americana de Saúde – de recrutamento de profissionais cubanos para trabalhar no Mais Médicos. Pelo acordo, médicos da ilha que já tivessem concluído os três anos de permanência no programa deveriam retornar ao país de origem. Eles seriam substituídos por novos profissionais.

A estratégia tinha como objetivo justamente evitar o risco de médicos se acostumarem ao Brasil e resistirem em voltar para a ilha. A exceção seria dada para aqueles que constituíram família no Brasil.

Muitos médicos cubanos que já se encaixavam nessa descrição e tinham formado família, no entanto, afirmam que o acordo não foi respeitado. Diante da ameaça do retorno, entraram na Justiça. As liminares não só garantem a permanência dos profissionais no País, mas determinam que o Ministério da Saúde efetue o pagamento dos profissionais que continuaram trabalhando no Mais Médicos.

O programa Mais Médicos tem atualmente 18.400 profissionais. A maioria, cubanos: 10.400. Desde que assumiu a pasta, o ministro Ricardo Barros anunciou a estratégia de reduzir a participação de profissionais recrutados a partir do convênio com a Opas. A intenção, no entanto, era fazer isso de forma gradual.

Com a decisão de Cuba, o receio é de que a substituição não possa ser feita da forma adequada e, com isso, o Brasil volte a sofrer com vazios assistenciais. O governo corre contra o tempo. Isso porque está prevista para os próximos quatro meses a saída de mais 4 mil médicos cubanos, que já concluíram o prazo de três anos no Brasil.

Numa tentativa de aproximação, o Ministério da Saúde anunciou nesta quinta duas medidas relativas ao Mais Médicos. Uma delas é a de excluir do programa municípios que, de alguma forma, incentivarem médicos cubanos a procurar a Justiça para permanecer no Brasil.

O presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde, Mauro Guimarães Junqueira, afirmou que pelo menos 49 prefeitos adotaram essa estratégia. “Com o acordo feito nesta quinta, a é ideia inibir essa prática”, afirmou.

O receio é de que uma nova onda de liminares sobre o assunto se forme, em virtude dos profissionais que já concluíram os três anos e que, nos próximos meses deverão deixar o Brasil. A ameaça de punição para prefeitos tem como objetivo mostrar para Cuba que o Brasil está se movimentando para evitar novas liminares.

Semana passada, o conselho de secretários municipais já divulgou uma carta aconselhando os prefeitos a não incentivarem as ações. Agora, um novo comunicado, mais duro, deverá ser emitido.

Além da ameaça de punição, o Ministério da Saúde anunciou uma mudança no programa, que vai permitir que municípios que não participam do Mais Médicos contratarem diretamente profissionais para trabalhar no programa, por meio da Organização Pan-Americana de Saúde. “Acordamos que os municípios poderão contratar diretamente, com recursos próprios, os médicos do convênio da OPAS com o governo de Cuba. É uma nova oportunidade para municípios aderirem e conseguirem, assim, expandir com qualidade o atendimento à população na atenção básica”, ressaltou.

O pagamento dos profissionais contratados de forma direta, no entanto, ficaria sob responsabilidade dos municípios. No Mais Médicos, a responsabilidade pelo pagamento dos profissionais é do Ministério da Saúde.

Guimarães Junqueira informou, no entanto, que a forma como isso será feito ainda não está definida. “Já há sinalização de que o município poderia receber um auxílio, para a criação de novas equipes de saúde da família.” O presidente do Conasems sugere, no entanto, que esses recursos sejam usados para “amortizar” os custos para o pagamento de médicos cubanos.

Essa estratégia, no entanto, é muito mais uma sinalização para o governo cubano. O representante no Brasil da OPAS, Joaquim Molina, afirmou que a proposta de contratação direta dos municípios ainda não foi apresentada para Cuba.

TRE divulga lista com nomes dos prefeitos que podem ser cassados pela Justiça Eleitoral do Maranhão

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão divulgou recentemente que 168 processos, referente as eleições de 2016 estão tramitando de forma prioritária. Detalhando os números são 76 Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE); 62 Ações de Investigação de Mandato Eletivo (AIME); 1 Recurso contra Expedição de Diploma e 27 Representações. Todas essas ações podem levar a cassação de prefeitos ou vereadores eleitos em 2016.

Em um levantamento feito pelo Blog foi possível apurar quais são os prefeitos que estão na mira da Justiça Eleitoral e quais municípios estão com suas eleições sob investigação. Chama atenção para alguns conhecidos como Edivaldo Holanda Júnior (PDT) em São Luís; Juscelino Oliveira (PCdoB) de Açailândia; Josinha Cunha (PR) de Zé Doca; Luís Amovelar Filho (PT) de Coroatá, entre outros.

Já entre os que possuem maior número de processos chama atenção para a cidade de Santa Luzia do Paruá com 12 AIME´s e três AIJE´S, o prefeito de lá é o Plácido Holanda (PSB). Outro município com número acentuado de ações está a cidade de Apicum-Açu com oito AIME´s, o prefeito de lá é o Claudio Cunha (PV).

Nessa condição de segredo de justiça estão AIME´s de 31 municípios e um completamente em sigilo absoluto sem identificar a cidade, e ainda mais dois de AIJE da cidade de Timon.Muitos dos processos estão tramitando na condição de segredo de Justiça, obedecendo o parágrafo 11 do artigo 14 da Constituição Federal, que abre o capítulo dos Direitos Políticos. “Essa lei já é ultrapassada, mas se ainda existe tem de ser cumprida“, explica o advogado em direito eleitoral Carlos Sérgio Barros.

Lembrando que o número de ações é maior que o número de prefeitos e municípios investigados, uma vez que existem casos de só um gestor ter 9 processos tramitando no TRE/MA.

O que é uma AIME?

A Aime é uma ação eleitoral que consta da Constituição Federal (Art. 14, §10). O instrumento permite que o mandato do candidato eleito possa ser impugnado perante a Justiça Eleitoral em até 15 dias após a diplomação. O objetivo é barrar o político que obteve o cargo por meio de abuso de poder econômico, corrupção ou fraude.  De acordo com a norma, a ação tramitará em segredo de justiça, embora o julgamento tenha de ser público. Se for julgada procedente, o Tribunal pode, de acordo com o caso concreto, declarar a inelegibilidade do representado e, ainda, cassar o registro ou o diploma do candidato.

O que é uma AIJE?

A Aije, prevista no artigo 22 da LC 64/90, por sua vez, só pode ser apresentada até a data da diplomação. Essa ação é utilizada durante o processo eleitoral e se aplica para impedir e apurar a prática de atos que possam afetar a igualdade de disputa entre candidatos em uma eleição, como ocorre nos casos de abuso do poder econômico, abuso do poder político ou de autoridade e utilização indevida dos meios de comunicação social. Condenado na Aije, o político pode ser enquadrado como inelegível.

Lista dos prefeitos investigados:

AIJE

Açailândia – Juscelino Oliveira (PCdoB) – Distribuição irregular de brindes

Anajatuba – Sidney Costa Pereira (PCdoB) – Abuso de poder político, abuso de poder econômico e pedido de declaração de inegibilidade (4 processos)

Anapurus – Professora Wanderly (PSDB) – Investigação judicial

Alto Alegre do Pindaré – Fufuca Dantas (PMDB) – Investigação judicial

Axixá – Sônia Campos (PDT) – Investigação judicial (2 procesos)

Bacuri – Dr Washington (PDT) – Abuso de poder econômico

Balsas – Dr Erick (PDT) – Investigação judicial

Barão de Grajaú – Gleydson (PCdoB) – Investigação judicial

Barra do Corda – Eric Costa (PCdoB) – Abuso de poder econômico

Bela Vista do Maranhão – Orias de Oliveira Mendes (PCdoB) – Investigação judicial

Buriti – Naldo Batista (PCdoB) – Investigação judicial

Cajari – Dra Camyla (PSDB) – Investigação judicial

Centro Novo do Maranhão – Diva (PCdoB) – Captação ilícita de sufrágio

Coroatá – Luís Amovelar Filho (PT) – Investigação judicial (4 processos)

Esperantinópolis – Aluisinho (PCdoB) – Investigação judicial

Feira Nova do Maranhão – Tiago Dantas (PCdoB) – Investigação judicial

Governador Newton Belo – Roberto do Posto (PCdoB) – Investigação judicial

Joselândia – Biné (PDT) – Abuso de poder político

Lago da Pedra – Laércio Arruda (PSDB) – Segredo de Justiça

Loreto – Mafran Bringel (PDT) – Propaganda irregular e abuso de poder econômico (2 processos)

Magalhães de Almeida – Tadeu (PMDB) – Investigação judicial

Milagres do Maranhão – Leonardo (PRB) – Investigação judicial

Mirador – Roni (PCdoB) – Captação ilícita de sufrágio

Mirinzal – Jadilson (PSB) – Investigação judicial

Monção – Almeida (PCdoB) – Problema com domicilio eleitoral

Parnarama – Raimundo Silveira (PROS) – Pedido de inegibilidade

Paço do Lumiar – Domingos Dutra (PCdoB) – Abuso de poder econômico e político (2 processos)

Peritoró – Padre Jozias (PTN) – Investigação judicial

Pirapemas – Dr Iomar (PRB) – Investigação judicial (2 procesos)

Vargem Grande – Carlinhos Barros (PCdoB) – Investigação judicial (3 processos)

Ribamar Fiquene – Edilomar (PCdoB) – Representação (2 processos)

Santa Luzia – França do Macaquinho (PP) – Investigação judicial

Santa Luzia do Paruá – Placido Holanda (PSB) – Investigação judicial (3 processos)

Santo Amaro – Luziane (PP) – Captação ilícita de sufrágio

São Benedito do Rio Preto – Mauricio Fernandes (PCdoB) – Investigação judicial

São Luís – Edivaldo Holanda Júnior (PDT) – Investigação judicial

São Pedro da Água Branca – Pelezinho (PSB) – Investigação judicial

Timbiras – Dr Antônio Borba (PSDB) – Abuso de poder econômico

Timon – Luciano Leitoa (PSB) – Captação e gastos ilícitos

Turiaçu – Umbelino Ribeiro (PV) – Investigação judicial

Zé Doca – Josinha Cunha (PR) – Investigação judicialRecurso contra expedição de diploma

Chapadinha – Magno Bacelar – Prefeito do PV

Representação

Balsas – Dr Erik (PDT)

Davinopolis – Segredo de Justiça

Esperantinopolis – Aluisinho (PCdoB)

Igarapé do Meio – Almeida (PCdoB)

Luís Domingues – Gilberto Braga (PSDB) – 2 processos

Pirapemas – Dr Iomar (PRB) (2 processos)

Presidente Sarney – Valéria Castro (PCdoB)

Sambaíba – Dr Santana (PSD)

Santo Amaro do Maranhão – Luziane (PP)

São Raimundo das Mangabeiras – Rodrigo Coelho (PCdoB)

Sucupira do Norte – Leila Rezende (PSB)

Zé Doca – Josinha Cunha (PR)

Lista dos municípios que prefeitos e/ou vereadores estão sob investigação:

AIME

Açailândia – 2 processos – Prefeito do PCdoB

Alcântara – Prefeito do PCdoB

Anajatuba – Tudo em segredo – Prefeito do PCdoB

Apicum-açu – 8 processos por abuso de poder econômico – Prefeito do PV

Barreirinhas – Prefeito do PMDB

Bela Água do Maranhão – Prefeito do PTN

Bom Jardim – 4 processos – Prefeito do PSDB

Buriti – Prefeito do PCdoB

Carutapera – Prefeito do PR

Centro Novo do Maranhão – Prefeito do PCdoB

Coroatá – Prefeito do PT

Davinopolis – 2 processos – Prefeito do PRB

Governo Edison Lobão – 2 processos – Prefeito do PCdoB

Governador Newton Bello – Prefeito do PCdoB

Guimarães – Prefeito do PV

Maracaçumé – Prefeito do PRB

Monção – Prefeito do PCdoB

Parnarama – 2 processos – Prefeito do PROS

Poção de Pedras – Prefeito do PCdoB

Ribamar Fiquene – Prefeito do PCdoB

Santa Helena – Prefeito do PTB

Santa Inês – Prefeito do PSDB

Santa Luzia – Prefeito do PP

Santa Luzia do Paruá – 12 processos – Prefeito do PSB

São João dos Patos – Prefeito do PDT

São Luís – Prefeito do PDT

Tufilândia – Prefeito do PSDB

Urbano Santos – 2 processos – Prefeita do PT

Viana – Prefeito do PSDB

Vargem Grande – Prefeito do PCdoB

Zé Doca – (2 processos) – Prefeito do PR

SIGILOSO –

(Blog do Diego Emir)

Gravida cai do leito e morre na Maternidade Carmosina Coutinho

Uma mulher gravida  de 4 meses, identificada como Jaine, morreu em decorrência de uma queda sofrida de cima do leito da Maternidade Carmosina Coutinho. Ela havia sido internada naquela unidade hospitalar por estar sentindo fortes dores. De acordo com informações de pessoas próximas de Jaine o bebê, que já estava morto dentro do ventre da mãe fazia três dias, era do sexo masculino e iria se chamar Victor Hugo.
A gravidez era de risco. Segundo familiares, ela sofreu três paradas cardíacas, a equipe médica tentou reanima-la, mas sem sucesso.
Jaine residia com os pais na rua da Macaúba no bairro João Viana.
Blog do Irmão Inaldo

Prefeitura de Timbiras abre inscrição relâmpago para seletivo com salários de até R$ 9.000,00

Pouca gente sabe, mas abriu ontem, dia 27, e já termina amanhã dia 29 de abril, a data de inscrição para o chamado PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE TIMBIRAS.

Entre os cargos estão o de médico, cujo  salário oferecido é  de R$ 6.000,00, mas também tem:

  • Assistente Social – R$ 1.500,00
  • Nutricionista – R$ 1.500,00

Advogado – R$ 2.000,00

Professor – R$ 1.153,28 (6º ao 9º ano do Fundamental)

  • Psicólogo – R$ 1.500,00
  • Fisioterapeuta – R$ 1.500,00

Psiquiatra – R$ 9.000,00 por 16h de trabalho

Recepcionista – R$ 937,00

  • Pedreiro – R$ 1.150,00
  • Encanador, jardineiro e pintor, vigia e motorista – R$ 937,00

Entre outros cargos que constam do edital. Os candidatos deverão preencher um formulário que está no site da prefeitura www.timbiras.ma.gov.br.

Também tem ficha de inscrição, QUE É gratuita, no prédio da Secretaria de Administração de Timbiras. Corra o prazo termina amanhã.

EDITAL

Acelio Trindade

Isabelle Drummond fala sobre sua fé: “A essência da minha vida é Cristo”

A atriz Isabelle Drummond, de 23 anos, acredita que seu talento e o sucesso de sua carreira provém de sua fé.

“Estou sempre orando. Cristo vai estar em tudo. Qualquer coisa que emanar de mim”, disse ela em entrevista à revista Caras.

Isabelle explicou que sua relação com a fé veio da família que sempre manteve os princípios cristãos — principalmente sua mãe, que é evangélica.

“Comecei a estudar a Bíblia em família. Nós aprendemos sempre juntos, em casa, graças a Deus”, disse a atriz.

Tendo iniciado sua profissão na infância, Isabelle ressalta que sua fé a tem fortalecido ao longo da carreira.

“A essência da minha vida é Cristo, mesmo. Claro que boas influências na vida também. As pessoas que me cercam são um presente de Deus. É um clichê ótimo. Tive boas referências em casa e tenho boas amizades”, ela ponderou.

Com a rotina agitada na televisão, a atriz disse que sempre lê a Bíblia e vai à igreja quando consegue.

“Sou cristã, independentemente de frequentar a igreja evangélica. Então, não me coloco como se fosse diferente dos católicos ou de outras pessoas. Podemos acreditar e pensar de forma diferente, mas não acho que isso deva nos separar. Ao contrário”, disse ela ao site M de Mulher, em 2014.

Governo do Estado entrega título de terra e realiza um conjunto de obras em Itaipava do Grajaú

O Governo do Estado, por meio do Sistema SAF (SAF/Iterma/Agerp) realizou no último dia (20), um conjunto de ações no município de Itaipava do Grajaú, cidade inserida no plano de ações ‘Mais IDH’. A solenidade aconteceu na Praça do Povo, no centro de Itaipava do Grajaú.

Durante o evento o município recebeu diversas obras e investimentos como, a inauguração de implantação asfáltica da MA-329, entrega de fardamento escolar para alunos da rede estadual de ensino, entrega de títulos de terra, anúncio do serviço de abastecimentos de água, além da entrega do programa Arca das Letras. “Passo a passo nós iremos cumprir todos os nossos compromissos para com a população do nosso Estado e importantes ações estão sendo concluídas ou em processo de execução na cidade de Itaipava do Grajaú. Palavra dada é palavra cumprida”, afirmou o governador Flávio Dino.

Foram entregues 70 quilômetros de asfalto da MA-329, que liga a sede do município ao Entroncamento, na BR-226. Para o agricultor familiar, Geovane Oliveira Costa, a estrada vai melhorar muito a qualidade de vida dos moradores e produtores da região, pois irá agilizar o trabalho de transporte dos produtos plantados pelos agricultores. “Antes a gente levava horas para transportar e vender nossas produções, agora, consigo colher e vender tudo no mesmo dia”, disse seu Geovane Costa.

O governador também assinou ordem de serviço para melhorias no sistema de abastecimento de água, onde serão perfurados dois poços de 300 metros de profundidade e vazão média de 50 mil litros por hora; implantados oito mil metros de rede de distribuição com diâmetros variando de 50 a 200 milímetros; e instaladas mais de seis mil ligações domiciliares. O conjunto de serviços demanda investimentos de R$ 849 mil e vão beneficiar mais de 16,2 mil pessoas.

O município ainda foi contemplado com a entrega de 10 títulos de terra, totalizando uma área de 414,1379 hectares. Os povoados agraciados foram, Lagoa do Viado, Criolizinho, Pau Seco, Chapada da Fortaleza, Baixão do Côco, Jatobá, Baixão do Natalino e São Bento.

Representando o Sistema SAF (SAF/Iterma/Agerp), o diretor de Assentamento e Desenvolvimento Rural do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (ITERMA), Pedro Pascoal, ressaltou a importância da dominialidade da terra, e a valorização da agricultura familiar para o seu fortalecimento no Estado. “Hoje eles terão segurança jurídica, poderão ter acesso ao crédito e acesso à política de comercialização, ou seja, é uma política de incentivo ao desenvolvimento do campo e a manutenção dessas famílias produzindo no campo e gerando riquezas e desenvolvimento para o Estado do Maranhão”.

Para dona Maria da Costa essa é a realização de um sonho que há anos esperava. “Eu agradeço a Deus, a Flávio Dino e ao prefeito que realizaram meu sonho de ser dona da minha terra e hoje a minha casa ninguém me tira, posso plantar sem medo de me tirarem da minha casa”.

Os povoados Araguacema, Pau Ferrado, Paraíso, Mudelândia, e Sibirino receberam das mãos do governador Flávio Dino, um acervo completo do programa ‘Arca das Letras’ que beneficiará cerca de 632 famílias de agricultores familiares, além de 20 comunidades indígenas da região.

Estiveram presentes o vice-governador, Carlos Brandão, o secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, o prefeito de Itaipava do Grajaú, Joãozinho, além de deputados, vereadores, lideranças políticas locais e representantes dos municípios vizinhos. A união entre o Governo do Estado e Itaipava do Grajaú tem gerado muitos frutos para o desenvolvimento, crescimento e fortalecimento da agricultura familiar da região.

Texto: Denise Lima