Home / Local / Vereador Pastor Max faz indicações por melhorias na infraestrutura e educação de Codó

Vereador Pastor Max faz indicações por melhorias na infraestrutura e educação de Codó

Em suas mais recentes Indicações, apreciadas e aprovadas na Câmara Municipal, o vereador Pastor Max continua reivindicando por melhorias para população codoense.

Com a INDICAÇÃO DE Nº173/17 o edil solicitou ao Executivo municipal que determine ao Secretário de Desenvolvimento Urbano e Rural do Município de Codó, Roberto Albuquerque, o término da construção do canteiro central no restante da Rua César Brandão, bem como a construção de uma rotatória no cruzamento da Rua César Brandão com a Rua Desembargador Vasconcelos Torres, que dá acesso ao Hospital Geral Municipal (HGM).

Ainda atento às melhorias na infraestrutura, o parlamentar, por meio da INDICAÇÃO DE Nº174/17, solicitou a recuperação das seguintes Ruas: Ruas José Rosa, São José, Primeira Travessa 1º de Maio, São Raimundo, Avenida 1° de Maio (Beira Linha), todas no Bairro São Francisco. “Agora, que o período invernoso finalmente chegou ao fim, a prefeitura pode trabalhar com mais tranquilidade e recuperar nossas vias de acesso. Nesse sentido, o Legislativo e Executivo continuam trabalhando de forma eficiente para levar as melhorias necessárias a população”, ressaltou.

Para a educação

Pela INDICAÇÃO DE Nº175/17, o vereador Pastor Max solicitou que o prefeito Nagib, por meio da Secretária Municipal de Educação, Ciências e Tecnologia, Professora Deuzimar Serra, a reforma da Escola Municipal Cristo Rei, estabelecida no Povoado Bacabinha. “Estamos em pleno processo de reforma e ampliação de nossa rede ensino. Estamos felizes por ver as ações do governo, tanto na sede, quanto na zona rural. No entanto, ainda temos muito a fazer”.

Com a INDICAÇÃO DE Nº176/17, Max Tony solicitou a realização dos serviços de reabertura da Rua 23 de Outubro, localizada por trás da Escola Municipal Talmir Quinzeiro, Bairro Codó Novo. A indicação irá beneficiar os moradores da rua, bem como o acesso das crianças a unidade escolar.

Outras Notícias

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*