Home / Gospel / Youtuber desiste de suicídio após ser tocada por Jesus: “Minha dor me levou a Deus”
Últimas Notícias

Youtuber desiste de suicídio após ser tocada por Jesus: “Minha dor me levou a Deus”

2266910690-alison-henryPor trás da popularidade e da beleza, Alison Henry tinha um coração cheio de ódio e amargura, que a fizeram enxergar no suicídio uma solução. Hoje, a youtuber de 23 anos encontrou uma alegria muito maior.

“Eu não posso nem dizer o quão infeliz eu era. O ruim disso era que eu não poderia nem dizer o porquê”, disse Alison em um vídeo publicado recentemente em seu canal de beleza feminina, no YouTube.

Nascida em Atlanta, no estado norte-americano da Geórgia, Alison foi criada em uma família cristã em uma linda casa, e tinha tudo para ter uma vida bem sucedida. No entanto, durante o ensino médio, um forte sentimento de insegurança tomou seu coração.

“No colégio as pessoas olhavam para mim e pensavam que eu era normal, que eu estava feliz, que não havia nada de errado com a minha vida”, disse ela. “Eu colocava um sorriso no rosto a cada dia. Não havia nada de errado para que as pessoas pudessem me olhar e dizer que eu estava sofrendo. Mas eu estava me ferindo. Eu estava confusa. Eu me odiava”.

Nesse período da vida, o suicídio era um pensamento frequente. “Eu realmente queria estar morta. Eu realmente quis isso. Era meu pequeno segredo”, revelou.45360878

Preocupados com o estado da filha, ela foi encaminhada por seus pais a um psicólogo que prescreveu alguns antidepressivos. Alison conta que o remédio não funcionou.

Para tentar diminuir sua dor, ela procurou refúgio em namorados, festas, álcool e drogas — mas nada mudou. “Era uma forma de enfrentar os problemas, mas essas coisas nunca consertaram nada”, disse ela. “Quando você acorda, você está triste como sempre”.

Mais tarde, sua melhor amiga começou a participar de um grupo de jovens da igreja. Foi quando começou um conflito: enquanto Alison implorava a sua amiga para ir às festas, ela implorava Alison para acompanhá-la ao grupo de jovens. “Durante meses, eu disse: ‘Não, eu não pertenço a isso. Eu não sou uma menina da igreja”, conta a youtuber.

Certo dia, Alison cedeu. Ela viu centenas de estudantes do ensino médio levantando as mãos e cantando para algo invisível. “Eu não entendi o que estava acontecendo e eu não podia suportar o fato de não entender alguma coisa”.

No entanto, Alison decidiu voltar. Em sua terceira visita à igreja, ela foi tocada por Deus e recebeu Jesus Cristo em seu coração.

“Eu não posso explicar o que aconteceu, o sentimento que eu sentia era a presença de Deus. A sala ficou quieta. Eu não ouvia nada, exceto o pastor falando. Era como se estivesse debaixo d’água. Todos na sala pareciam ter ido embora. Eu não via nada, exceto o pastor. Senti algo que nunca senti em toda a minha vida. Obviamente, isso era a presença de Deus, entrando em minha vida naquele exato momento”, ela lembra.

Alison fechou os olhos, mas um peso foi colocado em seus ombros. Ela tinha medo de ser julgada. “Eu estava assustada, mas eu também estava tipo: ‘O que está acontecendo comigo é algo sobrenatural’. Deus tocou meu coração naquela noite de uma forma que nunca experimentei na minha vida”.

“Daquele dia em diante, minha vida nunca foi a mesma”, ela conta. “O cristianismo é sobre isso, deixar de lado sua vida por um minuto à procura de verdade, e perder a sua infelicidade. Deus me mostrou o Seu amor. Minha vida recebeu um gás naquele dia”.

Alison admite que não é perfeita, mas ela se alegra pelas misericórdias de Deus, que são renovadas todas as manhãs, conforme diz a Bíblia. “Toda a minha dor me levou a Deus. Eu não sei quem eu seria hoje se eu não tivesse conhecido Deus”, afirma. “É difícil ver as pessoas vivendo sem Deus. Esse tem sido o momento mais bonito da minha vida”.

fonte: Guiame, com informações de God Reports

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>